Em,Brasília (DF),Anastase Papoortzis, esteve no Ministério do Desenvolvimento Regional para tratar de assuntos voltados para a habitação

 

 

Anastase Vaptistis (D) e o Chefe do Gabinete do Ministério, Fernando Machado Diniz - Foto: MDR

 

O presidente da CODESAIMA (Companhia de Desenvolvimento de Roraima), Anastase Vaptistis Papoortzis, representando o Governo do Estado, esteve nesta manhã de quarta-feira, 09 de setembro, no Ministério do Desenvolvimento Regional, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF).

Anastase se reuniu com o chefe do gabinete do MDR, Fernando Machado Diniz, e técnicos para apresentar os planos de Habitação da Empresa roraimense.

Também foi tratada a participação de Roraima no recém-criado programa Casa Verde e Amarela. Essa nova política habitacional do Governo Bolsonaro, que substituirá o Minha Casa Minha Vida, prevê o atendimento de cerca de 1,6 milhões de famílias de baixa renda até 2024.

A CODESAIMA, a partir da aprovação de seu novo Estatuto Social, no mês de agosto deste ano, passará a atuar nas áreas de Habitação e Mineração. Na condição de Cohab (Companhia de Habitação) a Empresa, que se chamará COHAMI-RR (Companhia de Habitação e Mineração de Roraima), irá enfrentar o deficit de 30.000 moradias no Estado.

O Ministério do Desenvolvimento Regional é um dos mais atuantes no Governo Federal e terá a incumbência de desenvolver o Casa Verde Amarela, em todo o País, com condições especiais nas regiões Norte e Nordeste.

Comandada pelo ministro Rogério Marinho, a pasta, neste ano de 2020, conta com um   orçamento de R$ 17,196 bilhões para aplicação em projetos pelo Brasil.