Escrito em 26 de agosto de 2020
 
Após 40 anos, a CODESAIMA terá um novo estatuto que prevê até a mudança do nome para COHAMI-RR
Com a presença do governador, Antônio Denarium, o presidente , Anastase Papoortzis, apresentou a proposta do novo Contrato Social da Companhia. Foto: Comunicação CODESAIMA
 
 
Com a presença do governador, Antônio Denarium, foi realizada, nesta quarta-feira, 26 de agosto, a assembleia do Conselho Administrativo que debateu e votou o novo Estatuto Social da CODESAIMA.
O presidente da Empresa, Anastase Vaptistis Papoortzis, apresentou os detalhes do Contrato Social proposto aos seis conselheiros e ao chefe do Executivo.
As principais alterações foram: criação de um Plano de Demissão Voluntária para os servidores concursados; plano de incentivo à aposentadoria; definição da habitação e mineração como as duas áreas específicas de atuação da Companhia.
 
Uma decisão, literalmente, fará a população de Roraima ver a Empresa de outra maneira. Foi proposta a mudança do nome da Companhia e, por aprovação unânime, mudará de CODESAIMA (Companhia de Desenvolvimento de Roraima) para COHAMI-RR (Companhia de Habitação e Mineração de Roraima).
 
Anastase esclareceu que é preciso uma lei para a mudança. “Quero deixar claro que é uma permissão de mudança. Nós entendemos que vai ter que ser mudada com legislação”, informou.
Isso significa que, para efetivar o novo acrônimo, o governador Denarium deve apresentar uma proposta de Lei Estadual para votação na Assembleia Legislativa de Roraima. Provavelmente, em 03 de outubro, quando a Empresa completa 41 anos, já será chamada pelo novo nome.
 
O governador pediu que fosse explicado como seria o Plano de Demissão Voluntária. O procurador da CODESAIMA, Pedro Bento Neto, falou que será utilizada uma regra de cálculo idêntica a utilizada pela ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos). Será levada em conta a idade e tempo de serviço do funcionário.
 
Tiradas todas as dúvidas, o item que, segundo Anastase, tem a finalidade de promover um “enxugamento” necessário nas contas da Companhia, também foi aprovado.
 
Na votação do Estatuo, a conselheira, Otília Pinto, filha do ex-governador, Ottomar Pinto, fundador da Empresa, falou da importância da CODESAIMA para o Estado de Roraima. “A CODESAIMA foi criada como uma artéria que alimentava o coração do nosso Estado. E essa artéria funcionava, ela rendia e ele (Ottomar) acreditava muito nela”, comentou.
 
Enfim, depois de 40 anos o novo Estatuto Social da CODESAIMA foi aprovado,
 
Papoortzis comentou as melhorias que são esperadas para a nova COHAMI-RR. “Uma empresa que vai se tornar cada vez mais forte. Cada vez mais integrada aos projetos do Governador do Estado, mostrando a necessidade da continuidade de um programa habitacional e a nossa cereja do bolo será a mineração. É como eu sempre disse pro senhor, governador, eu acredito que será o futuro do Estado de Roraima", revelou.
O governador falou que foram importantes as alterações adotadas. “A CODESAIMA precisa funcionar. Tem gastos com salários, aluguel, energia, material de expediente e não chega o benefício para a população. Essa é a forma que é vista a CODESAIMA. Nós não queremos fechá-la. Queremos dar a ela uma nova vida ”, concluiu o governador.