O Governo do Estado, através da CODESAIMA (Companhia de Desenvolvimento de Roraima), promove mais uma ação com a finalidade de prestigiar a classe produtora de Roraima, alugando um prédio para uma cooperativa de piscicultores.

Com a iniciativa do governador Antônio Denarium, nessa segunda-feira, 20 de julho, foi assinado, na sede da Empresa, o termo de concessão de uso de um prédio pertencente à CODESAIMA localizado no Distrito Industrial de Boa Vista em favor da Coopeixe (Cooperativa de Piscicultores de Roraima).

O contrato foi firmado entre o presidente da CODESAIMA, Anastase Vaptistis Paporrtzis, e o presidente da Coopeixe, Paulo Acordi, onde ficou estabelecido que a Cooperativa pagará um aluguel mensal no período de dois anos. Pelo acordo, os piscicultores ficarão responsáveis também pela manutenção, pagamento do fornecimento de água e luz, taxas e impostos, assim como o salário de funcionários.

A propriedade tem 1.157,05 m² de área construída com: prédio industrial com 519,41m²; prédio administrativo com 213,58m²; guarita; prédio anexo com 409,58m²; calçadas e circulação viária de 1.766,70m².

Ali, serão feitos todos os processos de beneficiamento e armazenamento de pescados  dos cooperativados de todos os municípios de Roraima.

Esta construção, que estava desativada há mais de dez anos, já foi utilizada como entreposto pesqueiro, portanto já está adaptada para essa função, com câmaras frigoríficas, maquinário para produção de gelo tipo escama e material de processamento de pescado.

Mesmo sem funcionar, um recente levantamento feito por técnicos da CODESAIMA constatou que a unidade se encontra em boas condições, precisando de alguns reparos para voltar à atividade.

A localização, no bairro Aquilino Mota Duarte, é estratégica, praticamente às margens da BR 174, permitindo um rápido acesso dos produtores ao mercado consumidor de Boa Vista e demais municípios de Roraima, e também a outras praças como o estado do Amazonas, Guiana e Venezuela.

O presidente Anastase parabenizou a ação do governador Antônio Denarium e disse que a CODESAIMA está realizando um ato voltado para sua finalidade. “Estamos cumprindo a função social dos imóveis da Empresa e dando uma destinação e uso a estes, visando o desenvolvimento econômico de Roraima”, concluiu.

Estes contratos de cessão de uso fazem parte da estratégia do Governo do Estado e da CODESAIMA de otimizar os imóveis da Empresa que se encontram ociosos, possibilitando que os produtores possam exercer suas atividades com mais qualidade. Na semana passada, outro acordo deste tipo foi firmado com uma associação de apicultores que agora terá um prédio de 830,00 m² para atender as suas necessidades.