na ocasião foi assinado termo de cooperação com Caracaraí

 

Na quinta-feira, 03, na sede da CODESAIMA (Companhia de Desenvolvimento de Roraima) foi realizada a festa de 40 anos da Empresa.

Compareceram ao evento, representando o governador Antônio Denarium, o Cap. Tárcio Alexandre Pimentel, da Casa Civil ; a prefeita de Caracaraí, Socorro Guerra; o Diretor Regional do Senai-RR, Arnaldo Mendes de Souza Cruz o presidente da Caer, James Serrador; o representante do Conselho das Cidades, Ricardo Mattos, e o representante da Omer (Organização dos Ministros Evangélicos de Roraima), pastor Rômulo.

O presidente, Anastase Vaptistis Papoortzis, agradeceu o apoio do governador Antônio Denarium, e disse que escolheu ser presidente da CODESAIMA porque acredita que o Estado pode melhorar e destacou o que fez nesses sete meses como diretor presidente. “Nós conseguimos nos inserir na ABC (Associação Brasileira de Cohabs) e no Fórum Nacional dos Secretários Estaduais de Habitação. Isso nos trouxe conhecimento com pessoas que constroem habitações no Brasil inteiro”, comentou.

A proposta do presidente é transformar a Codesaima em uma Cohab (Companhia de Habitação). “São Paulo, Rio, Mato Grosso, as cidades desses lugares têm uma Cohab. Em Roraima temos a CODESAIMA. Nós vamos construir casas populares”, revelou.

Para iniciar esses projetos, Anastase foi à Brasília (DF) buscar recursos através de emendas parlamentares. Além de novas construções, ele deseja concluir a regularização de moradias que estão há mais de 30 anos em nome da CODESAIMA, mas na posse de mutuários. “ Isso causa uma instabilidade financeira nas famílias, que não pode negociar seus imóveis”, disse.

Anastase falou que foi feita uma parceria com o 6º BEC ( Batalhão de Engenharia e Construção) para a primeira fase das regularização de imóveis. A unidade do Exército irá disponibilizar máquinas e profissionais para fazer as medições dessas áreas que estão espalhadas por Boa Vista.

Vaptistis também relatou a visita que fez ao Ministério das Minas e Energia. “Fizemos um acordo de parceria onde o MME irá disponibilizar todo o seu acervo técnico e de pessoal para fazer pesquisas minerais em nossas áreas registradas”. Esse trabalho necessita da construção de um laboratório de pesquisa e o Ministério não dispõe de verba para isso, mas o presidente anunciou que o deputado federal Aroldo Cathedral (PSD-RR) garantiu recursos para essa obra. “Esse laboratório não servirá só para os nossos registros minerais, mas pra outros mineradores de Roraima,” afirmou.

No evento também foi assinado um acordo de parceria entre a CODESAIMA e a prefeita de Caracaraí, Socorro Guerra, para a regularização de imóveis da Empresa naquele município. Nesta sexta-feira, 04, as equipes de trabalho da Companhia e da prefeitura de Caracaraí irão se reunir para definir os detalhes desta ação que já começa na próxima quarta-feira.

Para concluir, Anastase fez um importante anúncio.” É com grande satisfação que os deputados federais nos comunicaram que a lei que permitirá a mineração em terras indígenas está para ser aprovada até o dia 30 deste mês”, disse. Ele destacou que as demarcações foram feitas de modo a aglutinar as áreas que possuem minérios. “Com essa nova legislação estaremos desfazendo o que foi feito de ruim para o Estado. Estaremos desta forma alavancando o Estado de Roraima”, concluiu.